terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Ela

Como é que se faz FFW na vida? Só para passar as músicas das quais não gosto à frente e ir directo para a que me apetece ouvir -ainda pensei num Pause mas não, parar não, parar, não mesmo!
Um Rewind, um que me permitisse tirar o volume das palavras que um qualquer demónio pôr na minha boca naquela noite. Rewind era perfeito. Nem pedia mais nada, talvez a cabana.

3 comentários:

Marylin disse...

Não dá darling, nem queira, chegue essa ideia para longe que daqui por uns tempos a música mais amarga que ouve agora será a que o fará degustar com mais prazer o doce da vida.

Malena disse...

Um rewind nunca tem o sabor do momento, ainda para mais quando a esse se seguiram outros que, pelos vistos, deram origem a tamanha amargura.

provocação disse...

Eu se fosse muito cusca, se fosse mesmo muito cusca quase perguntaria que palavras foram essas.