sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

I know that diamonds mean money for this art

Vestia uma camisola verde comprida por cima de umas meias azuis e umas botas com um padrão tigre (leopardo, gato maltês, nesse circuito). Perguntou se estava bonita. Disse que parecia uma puta do Intendente. Riu-se satisfeita. Corrigi a minha sentença, acrescentei: das pobres. Pegou na carteirinha barulhenta e bateu com a porta.
Concluo, puta sim, mas das pobres não!

6 comentários:

Isabel disse...

Entrei por aqui dentro sem querer, estava há pouco no Google à proucura de algo que já nem sei, varreu-se-me. Li um pedaço grande deste teu bolo(que só por mero acaso divino, tem a mesma decoração do meu), volto amanhã à mesma hora porque me fez fome.
Aqui fica o registo da minha lambarice ;
Bem há-ja para ti
Beijinho

Com estima:
Isabel Vilano

Malena disse...

E costumas levar muitas putas baratas para casa?

Maya disse...

Com pouco dinheiro com que então?
É. O Natal é lixado.

Anónimo disse...

Você é um triste...

provocação disse...

Bem, revivalismo dos anos 80 sim mas com limites :p

eu... disse...

Tenho a sensação que são escolhidas a dedo para as poder rebaixar ao máximo. Qual é o gozo, ainda não percebi.